Planalto (Bahia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Planalto
Bandeira de Planalto
Brasão de Planalto
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 1962
Gentílico planaltense
Prefeito(a) Cloves Alves Andrade (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Planalto
Localização de Planalto na Bahia
Planalto está localizado em: Brasil
Planalto
Localização de Planalto no Brasil
14° 40' 12" S 40° 28' 15" O14° 40' 12" S 40° 28' 15" O
Unidade federativa Bahia Bahia
Mesorregião Centro-Sul Baiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Vitória da Conquista IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Vitória da Conquista, Poções, Bom Jesus da Serra, Barra do Choça, Caatiba, Nova Canaã.
Distância até a capital 477 km
Características geográficas
Área 883,769 km² [2]
População 26 225 hab. IBGE/2013[3]
Densidade 29,67 hab./km²
Altitude 943 m
Clima subúmido a seco
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,560 baixo PNUD/2010 [4]
PIB R$ 92 692,850 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 4 189,13 IBGE/2008[5]
Página oficial

Planalto é um município brasileiro do estado da Bahia, distante da capital, Salvador 477 km, pela rodovia BR-116, na microrregião de Vitória da Conquista.

História[editar | editar código-fonte]

Planalto emancipou-se politicamente pela lei estadual nº 1658 de 5 de junho de 1962, com território desmembrado de Poções.[6] [7] O atual município de Planalto está situado em território desmembrado do município de Poções. A origem do arraial de Peri-Peri (o nome deve-se a uma lagoa de mesmo nome), no distrito de Lucaia, ocorreu motivada pela facilidade de comercialização dos produtos agrícolas em virtude da abertura da estrada BR-116 (Rio-Bahia), cujo traçado passou pela fazenda Peri-Peri, do Sr. José Pereira, onde surgiu uma feira livre que se realizava aos domingos, atraindo grande afluência de comerciantes e produtores que ali realizava seus negócios.

Em 1946 o prefeito municipal de Poções, tomou iniciativa de criar um arraial no local, onde pudessem os comerciantes se estabelecer e desapropriou uma área na fazenda Peri-Peri e doou ao público para edificar o arraial o qual tomou grande impulso provocando a decadência da vila de Lucaia, que era sede do distrito, cujos moradores se transferiram para o novo povoado, atraídos pela nova rodovia e pelo centro comercial nascente. Com o desenvolvimento da povoação foi criado o distrito de Peri-Peri de Poções (ex-povoado), pela Lei Estadual nº 628, de 3-12-1953, com território desmembrado do distrito sede e Lucaia, sendo por conseguinte elevado a categoria de vila, a qual continuou a se desenvolver constantemente.

Formação Administrativa[editar | editar código-fonte]

Em 1º de julho de 1955 o distrito de Periperi de Poções figura no município de Poções, em divisão territorial. Em 1962, os distritos de Peri-Peri e Lucaia foram desmembrados do município de Poções, conforme a Lei nº 1.658 de 05 de abril de 1962, sendo então criado o novo município de Planalto, com sede na vila de Peri-Peri, sendo elevado à categoria de cidade. Em divisão territorial datada de 31 de dezembro de 1963, o município é constituído de 6 distritos: Planalto, Queimadas, Geribá, Parafuso, Lucaia e Inácio. Assim permanecendo até a data atual.[8]

Alteração toponímica distrital[editar | editar código-fonte]

Periperi de Poções foi alterado para Planalto, pela Lei Estadual nº 1658, de 05 de junho de 1962.

Planalto, é conhecido como a terra do café e da água doce.

Economia[editar | editar código-fonte]

A cidade é grande produtora de café, que tem grande peso em sua economia. A indústria cafeeira é responsável por gerar grande parte de empregos a vários trabalhadores da cidade. O Comércio é ainda pouco dinâmico, a cidade não conta com um número considerável de grandes empresas. O trabalho informal tem, portanto, grande destaque .

Bairros[editar | editar código-fonte]

A cidade de Planalto tem 8 bairros: Centro, Urbis, Alício Moreira, Edeli Soares, João Guimarães, Senhor do Bonfim, Ceac e Morada do Planalto

Comunicação[editar | editar código-fonte]

Operadoras móveis de telefonia

Radios FM

Imprensa

Geografia[editar | editar código-fonte]

O município de Planalto está localizado na microrregião Sudoeste, no estado da Bahia. A população do município, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE – é de 24.481 habitantes em 2010, com uma área de 961,689 km², altitude média de 943 m, situado nas coordenadas geográficas de 14°41’15’’ de latitude Sul e 40°26’15’’ de longitude Oeste. Planalto limita-se com os municípios de Poções, Caatiba, Nova Canaã, Barra do Choça, Anagé e Vitória da Conquista.

Localizado no Planalto da Conquista, o município apresenta o clima Tropical de Altitude, por causa da elevação dos terrenos, com média de 943 m de altitude e mais de 1.300 m nos pontos mais altos do município. Por isso, registra-se temperaturas inferiores a 10 °C em alguns dias do ano. A pluviosidade média anual gira em torno de 750 mm, com estação seca de maio a setembro. A temperatura mínima no inverno pode chegar a 5 °C, sendo igualada em temperatura média apenas com cidades altas da Chapada Diamantina. O município possui dois ecossistemas bem distintos, separados pela BR 116, com características diferenciadas de solo, clima, recursos hídricos e vegetação: a Região da Mata e a Região da Caatinga.

A Região da Mata apresenta grande índice pluviométrico, árvores de porte alto, fauna bastante variada. A grande umidade possibilita uma rica flora de musgos e samambaias e algumas árvores chegam a 40 metros de altura. Na Região da Mata, o relevo é plano e suavemente ondulado, com solos do tipo latossolo vermelho amarelo distrófico, que se caracterizam como profundos e de textura argilosa, tendo boas condições para o desenvolvimento de lavouras, principalmente a do café, quando corrigida a baixa fertilidade, através da adubação, correção de acidez e irrigação.

A Região da Caatinga apresenta relevo ondulado, com solos do tipo podzólico vermelho amarelo eutrófico, normalmente profundos e de textura argilosa. A agricultura desenvolvida nesta região é, basicamente, de subsistência e a sua grande limitação é a baixa precipitação pluviométrica. A paisagem mais comum da Caatinga é a que ela apresenta durante a seca. Apesar do aspecto seco das plantas, todas estão vivas; apenas perderam as folhas para suportar a falta de água. Mesmo durante a seca, a vida animal também é rica e diversificada. Contudo, é após as chuvas que a diversidade animal e vegetal das caatingas se torna evidente. As plantas florescem e os animais se reproduzem, deixando descendentes que já possuem adaptações para suportar o longo período de seca seguinte.

O sistema hidrográfico da região onde está localizado o município de Planalto pertence aos rios Pardo e de Contas, encontrando-se o município cortado por rios temporários – Cachoeira do Peixe, Cajuzinho, São José, São Bento – com regime torrencial no período das chuvas. Outros rios também cortam o município como o Gaviãozinho, São Bento, Rio das Piabas e Águas Vermelhas, este último aproveitado para abastecimento da cidade.<ref>{{citar web|url = http://planalto.ba.gov.br/planalto/geografia/

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  3. «Censo Populacional 2013». Censo Populacional 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 01 de julho de 2013. Consultado em 02 de outubro de 2013.  Texto "planalto " ignorado (Ajuda)
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 24 de agosto de 2013. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 
  6. «Planalto Bahia - BA Histórico» (PDF). IBGE. 11/09/2009. Consultado em 09/04/2013. 
  7. «Aspectos Históricos». Prefeitura Municipal de Planalto. Consultado em 09/04/2013. 
  8. Biblioteca municipal Jarbas Passariho (Brumado)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.