Aracatu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

{{Info/Município do Brasil | nome = Aracatu | foto = | leg_foto = | apelido = Terra do algodão"
"Aracas | brasão = | bandeira = Bandeira Aracatu.jpg | link_brasão = | link_bandeira = | link_hino = | aniversário = 12 de julho | fundação = 12 de julho de 1962 (56 anos) | gentílico = aracatuense | lema = | padroeiro = São Pedro Apóstolo | CEP = 46130-000 | prefeito = Sergio Silveira Maia | partido = [[Partido Social Democrático | fim_mandato = 2020 | mapa = Bahia Municip Aracatu.svg | latP = S | latG = 14 | latM = 25 | latS = 40 | lonP = O | lonG = 41 | lonM = 27 | lonS = 43 | estado = Bahia | mesorregião = Centro-Sul Baiano | data_mesorregião = IBGE/2008 [1] | microrregião = Brumado | data_microrregião = IBGE/2008 [1] | região_metropolitana = Brumado | vizinhos = Brumado, Tanhaçu, Caetanos e Maetinga | dist_capital = 618 | área = 1535.887 | área_ref = [2] | população = 14023 | data_pop = IBGE/2010[3] | altitude = 740 | clima = semiárido | sigla_clima = | idh = 0.581 | data_idh = PNUD/2010 [4] | pib = 35 660,525 mil | data_pib = IBGE/2008[5] | pib_per_capita = 2470.08 | data_pib_per_capita = IBGE/2008[5] | site_prefeitura = www.aracatu.ba.gov.br | site_câmara = www.camara.aracatu.ba.io.org.br }}

Aracatu é um município brasileiro no interior doestado da Bahia, distante cerca de 618 quilômetros da capital estadual Salvador. Sua população foi estimada em 2006 era de 14.023 habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2016.[3]

Topônimo[editar | editar código-fonte]

O topônimo Aracatu vem da língua tupi. Significa "ar bom, tempo bom", pela junção de ara (ar, tempo) e katu (bom). Foi atribuído artificialmente à cidade em 1933.[6]

História[editar | editar código-fonte]

Região ocupada anteriormente por indígenas, a atual cidade de Aracatu teve sua origem na fazenda São Pedro, de propriedade do coronel Salustiano Rodrigues de Souza Machado, da tradicional família dos Machados, razão pela qual a fazenda São Pedro passou a se chamar "Gameleira dos Machados". "Gameleira" por, na fazenda, haver uma grande quantidade dessa frondosa árvore, e "Machados" em homenagem a seu primeiro dono.

Em 1933, foi o lugarejo elevado à categoria de distrito, tendo seu topônimo substituído para "Aracatu". Pela Lei Estadual 1.708, de 12 de julho de 1962, foi elevado à categoria de município, desmembrado do município de Brumado. Em 7 de abril de 1963, deu-se sua instalação.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Municípios limítrofes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b IBGE. «Aracatu». Consultado em 9 outubro de 2016 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. NAVARRO, E. A. Dicionário de tupi antigo: a língua indígena clássica do Brasil. São Paulo. Global. 2013. p. 543.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.