Érico Cardoso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Érico Cardoso
  Município do Brasil  
Pronta para jogar em quatro molduras.jpg
Símbolos
Bandeira de Érico Cardoso
Bandeira
Brasão de armas de Érico Cardoso
Brasão de armas
Hino
Gentílico érico-cardosense
Localização
Localização de Érico Cardoso na Bahia
Localização de Érico Cardoso na Bahia
Érico Cardoso está localizado em: Brasil
Érico Cardoso
Localização de Érico Cardoso no Brasil
Mapa de Érico Cardoso
Coordenadas 13° 25' 04" S 42° 08' 24" O
País Brasil
Unidade federativa Bahia
Municípios limítrofes Rio do Pires, Abaíra, Rio de Contas, Caturama, Paramirim, Livramento de Nossa Senhora, e Piatã
Distância até a capital 680 km
História
Fundação 5 de junho de 1962 (60 anos)
Emancipação 7 de abril de 1963 (59 anos) (instalação do município)
Administração
Prefeito(a) Eraldo Félix da Silva (Republicanos, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [1] 701,458 km²
População total (estimativa IBGE/2021[2]) 10 513 hab.
Densidade 15 hab./km²
Clima tropical
Altitude 691 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 46.180-000
Indicadores
IDH (PNUD/2010 [3]) 0,584 baixo
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 28 683,146 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 2 653,64
Sítio ericocardoso.ba.gov.br (Prefeitura)

Érico Cardoso é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população, conforme estimativas do IBGE de 2021, era de 10 513 habitantes.[2]

Situada ao lado esquerdo do rio Paramirim, está incrustada entre serras, no Centro-Sul Baiano, na Chapada Diamantina. O nome antigo da cidade, Água Quente, se deu pelo fato do poço termal, Poção, que conserva seu líquido sempre na casa dos 27°C. Outra curiosidade desse poço é que sua vazão nunca se altera, corre sempre a mesma quantidade de água, que a poucos metros, dez ou vinte no máximo, penetra no rio Paramirim, seguindo junto até a foz, no rio São Francisco.

História[editar | editar código-fonte]

No início do século XVIII, começa a colonização do território do Vale do Paramirim (onde se localiza Érico Cardoso), com a procura de ouro por portugueses e brasileiros no Morro do Fogo (no atual município de Érico Cardoso), onde se fixaram e formaram o "Arraial do Morro do Fogo". Em 1843, foi criada a freguesia de Nossa Senhora do Carmo do Morro do Fogo, que, em 1875, teve sua sede transferida para o Arraial de Água Quente (atual Sede de Érico Cardoso), elevada à condição de vila em 1878, sob o nome de "Industrial Vila de Água Quente".

Em 1902, a sede municipal foi transferida para a povoação do Arraial do Ribeiro (onde hoje fica a Sede de Paramirim), que naquele tempo estava em fase de maior desenvolvimento do que Água Quente e por se achar mais bem localizado geograficamente.

O distrito de Água Quente se emancipou de Paramirim em 1962, tornando-se um município. Em 1991, teve o topônimo alterado para Érico Cardoso, em homenagem a um político influente na região.

Atualmente, Érico Cardoso conta com cerca de 11 mil hab. Érico Cardoso é um município muito rural: atualmente, cerca de 20% (1/5) da população do município vive na zona urbana, sendo este o município mais rural da Bacia do Paramirim, mas não o mais atrasado. A população do município, nos últimos anos, está em declínio.

Referências

  1. IBGE; IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. a b «Estimativa populacional 2021 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 28 de agosto de 2021. Consultado em 28 de agosto de 2021 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de agosto de 2013 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.