Barro Preto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Barro Preto (desambiguação).
Barro Preto
  Município do Brasil  
Hino
Gentílico barropretense
Localização
Localização de Barro Preto na Bahia
Localização de Barro Preto na Bahia
Mapa de Barro Preto
Coordenadas 14° 48' 36" S 39° 28' 15" O
País Brasil
Unidade federativa Bahia
Distância até a capital 447 km
História
Fundação 17 de abril de 1962 (59 anos)
Aniversário 17 de abril
Administração
Prefeito(a) Juraci Dias de Jesus[1] (PP, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [2] 120,570 km²
População total (IBGE/2010[3]) 6 453 hab.
Densidade 53,5 hab./km²
Clima tropical
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 45625-000
Indicadores
IDH (PNUD/2010[4]) 0,602 médio
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 21 354,583 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 3 222,85
Outras informações
Padroeiro(a) Nossa Senhora da Conceição
Sítio www.barropreto.ba.gov.br (Prefeitura)
www.camarabarropreto.ba.gov.br (Câmara)

Barro Preto é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população estimada em 2004 era de 7 576 habitantes.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Era originalmente um distrito de Ilhéus, chamado então de Limoeiro, e criado pelo Decreto nº 8.678 (de 1933). Cinco anos depois, o distrito passou a pertencer a outro, chamado Morro Redondo, passando a se chamar Barro Preto.

Em 1955, com a emancipação de Itajuípe, Barro Preto foi incorporado ao novo Município.

Em 1962 foi finalmente emancipada, com a Lei Estadual nº 1.678, de 17 de abril, daquele ano, sendo sua instalação no ano seguinte, quando assumira o governo do estado o ex-Prefeito de Jequié, Lomanto Júnior. Este conseguira para a nova cidade suas primeiras instalações de água e luz, o que motivou a mudança do nome original - Barro Preto - para homenagear este político. Não podendo esquecer das figuras ilustres da cidade, como: Cherubim José de Oliveira, Nelson oliveira, a família Clementino, Dr. Alberto Lessa, José Roberto Oliveira Lessa, como tantas outras que contribuíram para a formação da cidade.

Com a Lei Estadual nº 2.449, de 10 de abril de 1967, Barro Preto passou a chamar-se Governador Lomanto Júnior, em homenagem ao ex-governador do estado Lomanto Júnior, cuja vigência dependia da promulgação da divisão do Estado da Bahia. No entanto, pelo parecer da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais do estado da Bahia, órgão responsável pela divisão territorial do estado, o município de Governador Lomanto Júnior voltou a denominar-se Barro Preto.

No ano de 2009, o Edil ALAN RODRIGUES BOMFIM, impetrou a emenda à Lei Orgânica Municipal, com a co-autoria dos Vereadores Francisco Cardoso da Silva e José Raimundo Barbosa Gusmão, pela Definição da TOPONÍMIA, do Município definitivamente pela denominação BARRO PRETO, com o título de cidade "CACAU CABRUCA".

Dados estatísticos[editar | editar código-fonte]

Em o ano 2000, Barro Preto possuía os seguintes indicadores (fonte: IBGE):

  • População total: 8 602 habitantes.
  • População urbana: 5 159 habitantes.
  • População rural: 3 443 habitantes.
  • Taxa de urbanização: 59,97%
  • Densidade demográfica: 71 hab./km²

Localização[editar | editar código-fonte]

O município tem apenas dois vizinhos: ao norte e a leste, Itajuípe; ao sul e oeste, Itabuna. Está localizada na Microrregião de Ilhéus-Itabuna.

Economia[editar | editar código-fonte]

Barro Preto está no centro da região cacaueira, duramente afetada com a introdução na região da doença conhecida por vassoura-de-bruxa. Em 2002, possuía nove mil e cem hectares plantados, com uma produção anual de 1 425 toneladas do produto.

Educação[editar | editar código-fonte]

Em 2010 Barro Preto foi contemplada com o Projeto UCA, sendo a Escola Jesus Bom Pastor a escolhida para a efetivação do referido Projeto. Os professores estão passando por um processo de formação continuada e os laptops já estão sendo incorporados na economia educativa. Após a inserção do projeto UCA (Um Computador por Aluno) na Escola Municipal Jesus Bom Pastor, temos percebido uma grande transformação no comportamento de cada educando, pois o interesse, a participação e a disponibilidade que todos têm demonstrado para estar ajudando o outro está sendo fundamental para o crescimento educacional de cada discente. Percebe-se que o suporte não veio só para ser mais uma ferramenta, mas para fazermos uso de uma forma prazerosa e demonstrarmos que estamos aprendendo constantemente.

A Escola Municipal Jesus Bom Pastor tem o maior índice do IDEB atual no município, 4.6. Esta escola foi fundada em 1998, pelo padre Aldemiro(miro), ela está situada na rua Ladislau Carvalho. Hoje contém 17 funcionários, tem 7 salas em funcionamento, do maternal até o 5º ano, com 160 alunos. Foi contemplada pelo projeto UCA (um computador por aluno) em 2006, mas só em 2010 que o projeto deu início. A partir deste projeto temos percebido uma grande transformação no comportamento de cada aluno, mostrando assim um grande desempenho juntamente com os educadores e pais de alunos desta unidade escolar.

Referências

  1. [https://politica.estadao.com.br/eleicoes/2020/candidatos/ba/barro-preto
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.