Barro Preto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Barro Preto/Ba, Cidade "Cacau Cabruca"
  Município do Brasil  
Prefeitura Municipal
Prefeitura Municipal
Símbolos
Bandeira de Barro Preto/Ba, Cidade "Cacau Cabruca"
Bandeira
Brasão de armas de Barro Preto/Ba, Cidade "Cacau Cabruca"
Brasão de armas
Hino
Gentílico barropretense
Localização
Localização de Barro Preto/Ba, Cidade "Cacau Cabruca" na Bahia
Localização de Barro Preto/Ba, Cidade "Cacau Cabruca" na Bahia
Barro Preto/Ba, Cidade "Cacau Cabruca" está localizado em: Brasil
Barro Preto/Ba, Cidade "Cacau Cabruca"
Localização de Barro Preto/Ba, Cidade "Cacau Cabruca" no Brasil
Mapa de Barro Preto/Ba, Cidade "Cacau Cabruca"
Coordenadas 14° 48' 36" S 39° 28' 15" O
País Brasil
Unidade federativa Bahia
Municípios limítrofes Ibicaraí, Itabuna e Itajuípe
Distância até a capital 447 km
História
Fundação 17 de abril de 1962 (60 anos)
Administração
Prefeito(a) Juraci Dias de Jesus[1] (PP, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [2] 120,570 km²
População total (IBGE/2010[3]) 6 453 hab.
Densidade 53,5 hab./km²
Clima tropical
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 45625-000
Indicadores
IDH (PNUD/2010[4]) 0,602 médio
PIB (IBGE/2008[5]) R$ 21 354,583 mil
PIB per capita (IBGE/2008[5]) R$ 3 222,85
Sítio www.barropreto.ba.gov.br (Prefeitura)
www.camarabarropreto.ba.gov.br (Câmara)

Barro Preto é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população estimada em 2021 era de 5 312 habitantes.[6]

Histórico[editar | editar código-fonte]

O início do povoamento do território de Barro Preto data do século XIX em decorrência da introdução e desenvolvimento do plantio de cacau. Os primeiros colonos que ali se assentaram formaram o povoado ao qual denominaram de Limoeiro.[7]

O povoado foi integrado em 1933 como distrito do munícipio de Ilhéus. Em 1938 recebeu o nome de Monte Redondo, e sendo renomeado como Barro Preto em 1944, quando foi incorporado ao município de Itajuípe. Em 17 de abril de 1972 o município foi desmembrado de Itajuípe, através de lei estadual, e elevado à categoria de município com o nome de Barro Preto.[8]

O nome do município de Barro Preto ainda passaria por outra alteração em 10 de abril de 1967, através da lei estadual nº 2449, passando a se chamar Governador Lomanto Júnior. Porém, a lei não foi promulgada pela Divisão do Estado da Bahia. Assim, 40 anos após a criação da lei estadual nº 2449, o nome de Governador Lomanto Júnior foi desconsiderado. [8]

O município voltou a utilizar o antigo nome, Barro Preto, após a aprovação da Câmara de Vereadores em maio de 2009.[8]

Demografia[editar | editar código-fonte]

A população do município em 2010 era de 6.453 habitantes. No ano de 2021 a estimativa realizada pelo IBGE apontou redução na população do município que neste ano passou para 5.312 habitantes.[9]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Topografia[editar | editar código-fonte]

Barro Preto possui seu relevo constituído de rochas cristalinas, ígneas e metamórficas que fazem parte do planalto pré-litorâneo, com presença de nascentes. As características geológicas do solo de Barro Preto o tornam suscetível às intempéries, sendo responsável, em alguns casos, pela pouca fertilidade e vulnerável ao processo de erosão pela força cinética da água em terrenos com relevo íngreme.[10]

Vegetação e Clima[editar | editar código-fonte]

Assim como os demais municípios da Região Cacaueira do Sul da Bahia, a flora de Barro Preto possui características do bioma da Mata Atlântica, tendo assim seu clima predominante o tropical úmido que contribui para a manutenção da vegetação nativa[10].

Localização[editar | editar código-fonte]

O município localiza-se na Mesorregião do Sul Baiano e compõe a tradicional Região Cacaueira. Seus Limites são: ao norte e ao leste com o município de Itajuípe e ao sul e ao oeste com o município de Itabuna.[11]

Dados estatísticos[editar | editar código-fonte]

Em o ano 2000, Barro Preto possuía os seguintes indicadores (fonte: IBGE):

  • População total: 8 602 habitantes.
  • População urbana: 5 159 habitantes.
  • População rural: 3 443 habitantes.
  • Taxa de urbanização: 59,97%
  • Densidade demográfica: 71 hab./km²

Economia[editar | editar código-fonte]

Barro Preto está no centro da região cacaueira, duramente afetada com a introdução na região da doença conhecida por vassoura-de-bruxa. Em 2002, possuía nove mil e cem hectares plantados, com uma produção anual de 1 425 toneladas do produto.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Educação[editar | editar código-fonte]

Escola Municipal Domingos Chaves, Barro Preto 2021

Em 2010 Barro Preto foi contemplada com o Projeto UCA, sendo a Escola Jesus Bom Pastor a escolhida para a efetivação do referido Projeto. Os professores estão passando por um processo de formação continuada e os laptops já estão sendo incorporados na economia educativa. Após a inserção do projeto UCA (Um Computador por Aluno) na Escola Municipal Jesus Bom Pastor, temos percebido uma grande transformação no comportamento de cada educando, pois o interesse, a participação e a disponibilidade que todos têm demonstrado para estar ajudando o outro está sendo fundamental para o crescimento educacional de cada discente. Percebe-se que o suporte não veio só para ser mais uma ferramenta, mas para fazermos uso de uma forma prazerosa e demonstrarmos que estamos aprendendo constantemente.

A Escola Municipal Jesus Bom Pastor tem o maior índice do IDEB atual no município, 4.6. Esta escola foi fundada em 1998, pelo padre Aldemiro(miro), ela está situada na rua Ladislau Carvalho. Hoje contém 17 funcionários, tem 7 salas em funcionamento, do maternal até o 5º ano, com 160 alunos. Foi contemplada pelo projeto UCA (um computador por aluno) em 2006, mas só em 2010 que o projeto deu início. A partir deste projeto temos percebido uma grande transformação no comportamento de cada aluno, mostrando assim um grande desempenho juntamente com os educadores e pais de alunos desta unidade escolar.

Saneamento e Meio Ambiente[editar | editar código-fonte]

No ano de 2010, a estimativa realizada pelo IBGE apontou a presença de 72,2% de habitações com esgotamento sanitário adequado, 18,8% de habitações urbanas em vias públicas com arborização e 27,3% de habitações urbanas com urbanização adequada, referente à presença de bueiros, calçadas, meio-fio e pavimentação.[12]

Referências

  1. [https://politica.estadao.com.br/eleicoes/2020/candidatos/ba/barro-preto
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Barro Preto (BA) | Cidades e Estados | IBGE». www.ibge.gov.br. Consultado em 12 de janeiro de 2023 
  7. IBGE. «Histórico de Barro Preto». IBGE - Cidades - Bahia - Barro Preto 
  8. a b c «Município de Governador Lomanto Júnior volta a se chamar Barro Preto». Jornal Correio. 10 de junho de 2009. Consultado em 7 de julho de 2022 
  9. «IBGE - Cidades - Bahia - Barro Preto» 
  10. a b Bruck de Moraes, Maria Eugênia (2016). Métodos e Técnicas de Pesquisa em Bacias Hidográficas (PDF). [S.l.]: Editora da UESC. p. p.128 
  11. Bruck de Moraes, Maria Eugênia (2016). Métodos e Técnicas de Pesquisa em Bacias Hidrográficas. (PDF). [S.l.]: Editora da UESC. p. p.124 
  12. «IBGE - Cidades - Bahia - Barro Preto» 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.