Barro Preto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Barro Preto (desambiguação).
Question book-4.svg
Este artigo cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde junho de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Município de Barro Preto
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 17 de abril
Gentílico lomantense
Prefeito(a) Ana Paula Silva Simões (PMDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Barro Preto
Localização de Barro Preto na Bahia
Barro Preto está localizado em: Brasil
Barro Preto
Localização de Barro Preto no Brasil
14° 48' 36" S 39° 28' 15" O14° 48' 36" S 39° 28' 15" O
Unidade federativa Bahia Bahia
Mesorregião Sul Baiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Ilhéus-Itabuna IBGE/2008 [1]
Distância até a capital 447 km
Características geográficas
Área 120,570 km² [2]
População 6 453 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 53,52 hab./km²
Clima tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,602 médio PNUD/2010[4]
PIB R$ 21 354,583 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 222,85 IBGE/2008[5]

Barro Preto é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população estimada em 2004 era de 7 576 habitantes.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Era originalmente um distrito de Ilhéus, chamado então de Limoeiro, e criado pelo decreto 8678 (de 1933). Cinco anos depois, o distrito passou a pertencer a outro, chamado Morro Redondo, passando a se chamar Barro Preto.

Em 1955, com a emancipação de Itajuípe, Barro Preto foi incorporado ao novo Município.

Em 1962 foi finalmente emancipada, com a lei estadual 1678, de 17 de abril, daquele ano, sendo sua instalação no ano seguinte, quando assumira o governo do estado o ex-Prefeito de Jequié, Lomanto Júnior. Este conseguira para a nova cidade suas primeiras instalações de água e luz, o que motivou a mudança do nome original - Barro Preto - para homenagear este político.

Com a lei estadual nº 2449, de 10 de abril de 1967, Barro Preto passou a chamar-se Governador Lomanto Júnior, em homenagem ao ex-governador do estado Lomanto Júnior, cuja vigência dependia da promulgação da divisão do Estado da Bahia. No entanto, pelo parecer da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais do estado da Bahia, órgão responsável pela divisão territorial do estado, o município de Governador Lomanto Júnior voltou a denominar-se Barro Preto.

Dados estatísticos[editar | editar código-fonte]

Em o ano 2000, Barro Preto possuía os seguintes indicadores (fonte: IBGE):

  • População total: 8 602 habitantes.
  • População urbana: 5 159 habitantes.
  • População rural: 3 443 habitantes.
  • Taxa de urbanização: 59,97%
  • Densidade demográfica: 71 hab./km²

Localização[editar | editar código-fonte]

O município tem apenas dois vizinhos: ao norte e a leste, Itajuípe; ao sul e oeste, Itabuna. Está localizada na Microrregião de Ilhéus-Itabuna.

Economia[editar | editar código-fonte]

Barro Preto está no centro da região cacaueira, duramente afetada com a introdução na região da doença conhecida por vassoura-de-bruxa. Em 2002, possuía nove mil e cem hectares plantados, com uma produção anual de 1 425 toneladas do produto.

Educação[editar | editar código-fonte]

Em 2010 Barro Preto foi contemplada com o Projeto UCA, sendo a Escola Jesus Bom Pastor a escolhida para a efetivação do referido Projeto. Os professores estão passando por um processo de formação continuada e os laptops já estão sendo incorporados na economia educativa. Após a inserção do projeto UCA ( Um Computador por Aluno) na Escola Municipal Jesus Bom Pastor, temos percebido uma grande transformação no comportamento de cada educando, pois o interesse, a participação e a disponibilidade que todos têm demonstrado para estar ajudando o outro está sendo fundamental para o crescimento educacional de cada discente. Percebe-se que o suporte não veio só para ser mais uma ferramenta, mas para fazermos uso de uma forma prazerosa e demonstrarmos que estamos aprendendo constantemente.

A Escola Municipal Jesus Bom Pastor tem o maior índice do IDEB atual no município, 4.6. Esta escola foi fundada em 1998, pelo padre Aldemiro(miro), ela está situada na rua Ladislau Carvalho. Hoje contém 17 funcionários, tem 7 salas em funcionamento, do maternal até o 5º ano, com 160 alunos. Foi contemplada pelo projeto UCA(um computador por aluno) em 2006, mas só em 2010 que o projeto deu início. A partir deste projeto temos percebido uma grande transformação no comportamento de cada aluno, mostrando assim um grande desempenho juntamente com os educadores e pais de alunos desta unidade escolar.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de agosto de 2013. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.