Guaratinga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Guaratinga
"Garça Branca"
Cidade02.jpg

Bandeira indisponível
Brasão de Guaratinga
Bandeira indisponível Brasão
Hino
Aniversário 31 de agosto
Fundação 31 de agosto de 1961 (57 anos)
Gentílico guaratinguense
Lema Liberdade ainda que sublime
Padroeiro(a) Nossa Senhora da Conceição
CEP 45840-000
Prefeito(a) Christine Pinto Rosa (PSD)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Guaratinga
Localização de Guaratinga na Bahia
Guaratinga está localizado em: Brasil
Guaratinga
Localização de Guaratinga no Brasil
16° 35' 02" S 39° 46' 58" O16° 35' 02" S 39° 46' 58" O
Unidade federativa Bahia
Mesorregião Sul Baiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Porto Seguro IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Eunápolis, Itabela, Itamaraju, Jucuruçu e Santo Antônio do Jacinto /MG
Distância até a capital 699 km
Características geográficas
Área 2 324,317 km² [2]
População 21 978 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 9,46 hab./km²
Altitude 200 m
Clima tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,558 baixo PNUD/2010 [4]
PIB R$ 85 572,060 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 703,62 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura http://www.guaratinga.ba.gov.br/

Guaratinga é um município brasileiro no sul do estado da Bahia. Sua população atual é de 21.978 habitantes (censo 2010). Guaratinga é vocábulo indígena tupi-guarany que significa "garça branca".

História[editar | editar código-fonte]

Antes de se chamar Guaratinga já foi conhecida como Jaquetou e Novo Horizonte e também 'Volta Goma" visto que todas as especiarias, especialmente a goma, que vinham para serem vendidas no município, na maioria das vezes voltavam intactas. Guaratinga tem tudo para ser uma cidade bem grande, com um vasto território e um ponto turístico como a bela Pedra do Oratório e vários outros pontos bonitos.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localizada no extremo sul da Bahia, fica a 28 km da BR-101 e a 120 km de Porto Seguro.

Clima[editar | editar código-fonte]

Clima úmido e subúmido. A precipitação pluviométrica média é de 1 100 milímetros anuais. E a temperatura fica em torno de 24 graus. O período mais chuvoso acontece entre abril e outubro, e o de maior insolação nos meses de dezembro a março.[6]

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes ao período de 1977 a 1980, 1986 a 1989 e a partir de 1993, a menor temperatura registrada em Guaratinga foi de 7,5 °C em 14 de julho de 1987,[7] e a maior atingiu 39,6 °C em 15 de fevereiro de 1994.[8] O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 153,6 milímetros (mm) em 28 de novembro de 2005. Outros grandes acumulados iguais ou superiores a 100 mm foram 133,7 mm em 30 de novembro de 1995, 119,5 mm em 11 de fevereiro de 1978, 116,1 mm em 24 de março de 1997, 101,3 mm em 20 de março de 1998 e 100 mm em 6 de janeiro de 1980.[9] Março de 1997, com 346,6 mm, foi o mês de maior precipitação.[10]

Dados climatológicos para Guaratinga
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima recorde (°C) 38 39,6 37,4 37 34,9 35,8 32,4 32,4 36,6 35,9 36,2 38 39,6
Temperatura máxima média (°C) 32 32,4 31,6 30,2 28,5 27 26,3 26,8 28,1 29,5 29,8 31,1 29,4
Temperatura média compensada (°C) 25,9 26,2 25,8 24,9 23,5 21,9 21,3 21,5 22,6 23,7 24,5 25,4 23,9
Temperatura mínima média (°C) 21,6 21,8 21,8 21,1 19,7 18,1 17,4 17,4 18,6 19,8 20,9 21,5 20
Temperatura mínima recorde (°C) 15,3 17 17,1 15,9 13,6 11,9 7,5 11,5 12,7 12,3 14,1 16,7 7,5
Precipitação (mm) 98,4 85,9 140,2 101,6 57,3 48,5 58,8 44,2 51,2 83,3 171,5 155,6 1 096,5
Dias com precipitação (≥ 1 mm) 10 9 13 11 8 8 11 9 9 9 11 12 120
Umidade relativa compensada (%) 74,9 74,7 77,8 79,8 80 81,5 81,4 79,4 78,1 76,7 78,6 77 78,3
Horas de sol 220,3 213,5 207,6 198,5 195,8 175,7 178 177,2 176,4 179,6 157,6 188,3 2 268,5
Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) (normal climatológica de 1981-2010;[6] recordes de temperatura:
01/01/1977 a 31/12/1980, 01/01/1986 a 31/03/1989 e 01/01/1993-presente)[7][8]

Economia[editar | editar código-fonte]

Produtora de cacau, possui ainda grandes plantações de café, e mamão. Também se destaca, na sua economia, a criação de gado de corte e leite por grandes e pequenos produtores rurais.

Segundo a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), o município de Guaratinga possuía, em 2014, o segundo maior rebanho bovino da Bahia, com 164.747 cabeças de gado.

É o maior produtor de novilho precoce da região e possui mais de 15 variedades de granito "Pedras Ornamentais", com cerca de 3 Mineradoras que extraem o granito da região, que é transportado para o Porto de Vitória-ES, e exportado para Itália, Espanha, EUA e Outros Países do Mundo.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Rica em belezas naturais, como o conjunto arquitetônico de granito que circunda o município, sendo mais destacada a "Pedra do Oratório", uma pedra de grandes proporções onde nos anos setenta o sr. Zé Pisca numa grande aventura, içado por um gaiolão depositou na gruta desta, cerca de 500 metros de altitude do mar, uma santa, Nossa Senhora da Conceição, padroeira local, a quem a beata Maria da Conceição, nos anos 30 doou suas terras, para edificação de um pequeno vilarejo Santa Maria, Neblinosa. Mais tarde passou a chamar de Novo Horizonte, e tempos depois, de Guaratinga, assim que suas terras foram desmembradas de Porto Seguro. Também é o local exato para quem gosta de praticar esportes radicais como Rapel, trilhas, rafting, magrelo, treking e paraquedismo. Além dessas belezas, existem outras cachoeiras que só podem ser visitadas através de longas viagens por estradas de terra.

Esporte[editar | editar código-fonte]

Cidade Natal de Ariela Pinto, canoista Bicampeã sul-americana na prova do K4-200m.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 23 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. a b «NORMAIS CLIMATOLÓGICAS DO BRASIL». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 18 de julho de 2018 
  7. a b «BDMEP - série histórica - dados diários - temperatura mínima (°C) - Guaratinga». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 18 de julho de 2018 
  8. a b «BDMEP - série histórica - dados diários - temperatura máxima (°C) - Guaratinga». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 18 de julho de 2018 
  9. «BDMEP - série histórica - dados diários - precipitação (mm) - Guaratinga». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 18 de julho de 2018 
  10. «BDMEP - série histórica - dados mensais - precipitação total (mm) - Guaratinga». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 18 de julho de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.