Entre Rios (Bahia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis publicadas por terceiros (desde março de 2011).
Por favor, melhore-o, incluindo referências mais apropriadas vindas de fontes fiáveis e independentes.
Fontes primárias, ou que possuem conflito de interesse geralmente não são suficientes para se escrever um artigo em uma enciclopédia.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Município de Entre Rios
Porto do Sauípe, litoral do município.

Porto do Sauípe, litoral do município.
Bandeira de Entre Rios
Brasão de Entre Rios
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 3 de abril
Fundação 3 de abril de 1872 (146 anos)
Gentílico entrerriense [1][2]
Lema Rivi Laetificant
"Corrente alegre"
CEP 48180-000
Prefeito(a) Elizio Simões (PDT)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Entre Rios
Localização de Entre Rios na Bahia
Entre Rios está localizado em: Brasil
Entre Rios
Localização de Entre Rios no Brasil
11° 56' 31" S 38° 05' 02" O11° 56' 31" S 38° 05' 02" O
Unidade federativa Bahia
Mesorregião Nordeste Baiano IBGE/2008 [3]
Microrregião Entre Rios IBGE/2008 [3]
Municípios limítrofes Esplanada, Cardeal da Silva, Alagoinhas, Inhambupe, Aporá, Itanagra, Araças e Mata de São João
Distância até a capital 128 km
Características geográficas
Área 1 215,296 km² [4]
População 42 640 hab. IBGE/2013[5]
Densidade 35,09 hab./km²
Altitude 162 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,615 médio PNUD/2010 [6]
PIB R$ 242 160,161 mil IBGE/2008[7]
PIB per capita R$ 6 012,52 IBGE/2008[7]
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Entre Rios (Bahia)

Entre Rios é um município do estado da Bahia, no Brasil. Localiza-se a uma latitude 11º56'31" sul e a uma longitude 38º05'04" oeste, estando a uma altitude de 162 metros. Criado oficialmente em 3 de abril de 1872 pela Lei 1 178, Entre Rios possui uma área de 1 215,29 quilômetros quadrados e densidade demográfica, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, de 35,09 habitantes/quilômetro quadrado. Entre Rios faz divisa com os seguintes municípios: Esplanada, Cardeal da Silva, Alagoinhas, Inhambupe, Aporá, Itanagra, Araças e Mata de São João

O município é formado pelos distritos administrativos de Entre Rios (sede), Ibatuí, e Subaúma, essa divisão é feita por lei Estadual. Além dos distritos, o município conta com diversos povoados, entre eles Sítio do Meio, Lagoa Redonda, Rio Preto, Prata, Capianga, Rio da Caatinga, Pedros, Cincos Estradas, Serraria, Cabuçu, Imbé, Catana I e II, Pedras, Malhadinha, Pimenteira, entre outros e ainda conta com os povoados que ficam nas praias, que são Subaúma, Massarandupió e Porto de Sauípe. A população do município em 2017 era estimada em 43.223 habitantes, sendo o 58º em população na Bahia e o 762º no Brasil, e assim possuindo uma densidade demográfica em 32,81 hab/km² e sua taxa de crescimento populacional foi de 0,54% ao ano entre 2000 e 2007, menor que a estadual (1,13%) e abaixo da taxa nacional (1,21%).

História[editar | editar código-fonte]

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Entre Rios, pela Lei Provincial nº 308, de 01-07-1848, subordinado ao Município de Inhambupe.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Entre Rios, pela Lei Provincial nº 1178, de 03-04-1872, desmembrado de Inhambupe. Sede no antigo distrito de Entre Rios. Constituído do distrito sede. Instalado em 23-08-1873.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído de 5 distritos: Entre Rios, Cambuís, Capela da Conceição, Divina Pastora e Subaúna

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo Decreto Estadualnº 11089, de 30-11-1938, o distrito de Conceição (ex-Capela da Conceição) passou a chamar-se Pondé.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 5 distritos: Entre Rios, Cambuís, Divina Pastora, Pondé (ex-Conceição) e Subaúma.

Pelo Decreto-Lei Estadual nº 141, de 31-12-1943, retificado pelo Decreto Estadual nº 12978, de 01-06-1944, o Distrito de Divina Pastora tomou a denominação de Pastora.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 5 distritos: Entre Rios, Cambuís, Pastora (ex-Divina Pastora), Pondé e Subaúma.

Pela Lei Estadual nº 628, de 30-12-1953, o distrito de Pondé tomou o nome de Ibatuí.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 5 distritos: Entre Rios, Cambuís, Ibatuí (ex-Pondé), Pastora e Subaúma.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela Lei Estadual nº 1765, de 30-07-1962, foi desmembrado do Município de Entre Rios, o Distrito de Pastora. Elevado à categoria de município com a denominação de Cardeal da Silva.

Pela mesma lei acima citada o Distrito de Cambuís foi extinto, sendo seu território anexado ao distrito sede do Município de Cardeal da Silva.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Entre Rios, Ibatuí e Subaúma.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Mais um pouco do Histórico

Os primitivos habitantes da região foram os índios tapuias. A primeira exploração das terras de Entre Rios ocorreu no século XVI, com concessão de sesmarias à Casa da Torre de Garcia D'Ávila.

Desbravando as terras dos rios Joanes, Inhambupe e Itapicuru, os bandeirantes fixaram-se na região, desenvolvendo a agricultura e a criação de gado. A fertilidade das terras atraiu novos colonos que se estabeleceram formando o Povoado de Nossa Senhora dos Prazeres.

Foi edificada uma capela, elevada à condição de freguesia em 1848, com a denominação de Nossa Senhora dos Prazeres de Entre Rios, desmembrada da Freguesia do Divino Espírito Santo de Inhambupe. Em 1872, o povoado, elevado à vila, teve o nome simplificado para Entre Rios.

O topônimo, conservando a designação do povoado, se deve à localização daquele núcleo entre os rios Inhambupe e Subaúma.

Cultura[editar | editar código-fonte]

A Cultura de Entre Rios é bastante diversificadas, como festas e eventos existem há anos, formando tradições seculares. Podemos citar como festas populares e tradições, as Lavagem das Praias, de Porto de Sauípe, Subaúma e Massarandupió, também o São João na sede de Entre Rios, festa da Barquinha de Sítio do Meio e Lagoa Redonda, Festas das Padroeiras dos povoados. Há também uma cultura de realização de Cavalgadas por todo o município e região.

Estradas[editar | editar código-fonte]

A cidade pode ser acessada pela rodovia BR-101 em direção a Aracaju (acesso ao distrito sede e alguns povoados). Também pode ser acessada pela Linha Verde, até o Palame, distrito de Esplanada, onde passará a usar a rodovia BA-400 até o distrito sede. Outro acesso, esse o mais típico junto com o primeiro, é o a partir de Simões Filho pela rodovia BA-093 até o distrito sede, passando por Dias d'Ávila, Mata de São João, Pojuca, Araçás até, finalmente, chegar ao distrito sede.

Referências

  1. http://www.al.ba.gov.br/noticias/Noticia.php?id=21504 Governo da Bahia
  2. http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:xWkXlrzPw6cJ:www.camaradeentrerios.ba.gov.br/a-camara/+&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br Câmara Municipal de Entre Rios
  3. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  4. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  5. «Censo Populacional 2013». Censo Populacional 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2013. Consultado em 2 de outubro de 2013. 
  6. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 2 de agosto de 2013. 
  7. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.