Entre Rios (Bahia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Entre Rios
  Município do Brasil  
Porto do Sauípe, litoral do município.
Porto do Sauípe, litoral do município.
Símbolos
Bandeira de Entre Rios
Bandeira
Brasão de armas de Entre Rios
Brasão de armas
Hino
Lema Rivi Laetificant
"Corrente alegre"
Gentílico entrerriense [1][2]
Localização
Localização de Entre Rios na Bahia
Localização de Entre Rios na Bahia
Entre Rios está localizado em: Brasil
Entre Rios
Localização de Entre Rios no Brasil
Mapa de Entre Rios
Coordenadas 11° 56' 31" S 38° 05' 02" O
País Brasil
Unidade federativa Bahia
Municípios limítrofes Esplanada, Cardeal da Silva, Alagoinhas, Inhambupe, Aporá, Itanagra, Araças e Mata de São João
Distância até a capital 128 km
História
Fundação 3 de abril de 1872 (147 anos)
Aniversário 3 de abril
Administração
Prefeito(a) Elizio Fernandes Rodrigues Simões PDT (2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [3] 1 215,296 km²
População total (IBGE/2013[4]) 42 640 hab.
Densidade 35,1 hab./km²
Clima Não disponível
Altitude 162 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 48180-000
Indicadores
IDH (PNUD/2010 [5]) 0,615 médio
PIB (IBGE/2008[6]) R$ 242 160,161 mil
PIB per capita (IBGE/2008[6]) R$ 6 012,52
Website entrerios.ba.gov.br (Prefeitura)
Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Entre Rios (Bahia)

Entre Rios é um município do estado da Bahia, no Brasil. Localiza-se a uma latitude 11º56'31" sul e a uma longitude 38º05'04" oeste, estando a uma altitude de 162 metros. Criado oficialmente em 3 de abril de 1872 pela Lei 1 178, Entre Rios possui uma área de 1 215,29 quilômetros quadrados e densidade demográfica, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, de 35,09 habitantes/quilômetro quadrado. Entre Rios faz divisa com os seguintes municípios: Esplanada, Cardeal da Silva, Alagoinhas, Inhambupe, Aporá, Itanagra, Araças e Mata de São João

O município é formado pelos distritos administrativos de Entre Rios (sede), Ibatuí, e Subaúma, essa divisão é feita por lei Estadual. Além dos distritos, o município conta com diversos povoados, entre eles Sítio do Meio, Lagoa Redonda, Calçada Nova, Rio Preto, Prata, Capianga, Rio da Caatinga, Pedros, Cincos Estradas, Serraria, Cabuçu, Imbé, Catana I e II, Pedras, Malhadinha, Pimenteira, entre outros e ainda conta com os povoados que ficam nas praias, que são Subaúma, Massarandupió e Porto de Sauípe. A população do município em 2017 era estimada em 43.223 habitantes, sendo o 58º em população na Bahia e o 762º no Brasil, e assim possuindo uma densidade demográfica em 32,81 hab/km² e sua taxa de crescimento populacional foi de 0,54% ao ano entre 2000 e 2007, menor que a estadual (1,13%) e abaixo da taxa nacional (1,21%).

História[editar | editar código-fonte]

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Entre Rios, pela Lei Provincial nº 308, de 01-07-1848, subordinado ao Município de Inhambupe.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Entre Rios, pela Lei Provincial nº 1178, de 03-04-1872, desmembrado de Inhambupe. Sede no antigo distrito de Entre Rios. Constituído do distrito sede. Instalado em 23-08-1873.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído de 5 distritos: Entre Rios, Cambuís, Capela da Conceição, Divina Pastora e Subaúna

Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.

Pelo Decreto Estadual nº 11089, de 30-11-1938, o distrito de Conceição (ex-Capela da Conceição) passou a chamar-se Pondé.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 5 distritos: Entre Rios, Cambuís, Divina Pastora, Pondé (ex-Conceição) e Subaúma.

Pelo Decreto-Lei Estadual nº 141, de 31-12-1943, retificado pelo Decreto Estadual nº 12978, de 01-06-1944, o Distrito de Divina Pastora tomou a denominação de Pastora.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 5 distritos: Entre Rios, Cambuís, Pastora (ex-Divina Pastora), Pondé e Subaúma.

Pela Lei Estadual nº 628, de 30-12-1953, o distrito de Pondé tomou o nome de Ibatuí.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 5 distritos: Entre Rios, Cambuís, Ibatuí (ex-Pondé), Pastora e Subaúma.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Pela Lei Estadual nº 1765, de 30-07-1962, foi desmembrado do Município de Entre Rios, o Distrito de Pastora. Elevado à categoria de município com a denominação de Cardeal da Silva.

Pela mesma lei acima citada o Distrito de Cambuís foi extinto, sendo seu território anexado ao distrito sede do Município de Cardeal da Silva.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Entre Rios, Ibatuí e Subaúma.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Mais um pouco do Histórico

Os primitivos habitantes da região foram os índios tapuias. A primeira exploração das terras de Entre Rios ocorreu no século XVI, com concessão de sesmarias à Casa da Torre de Garcia D'Ávila.

Desbravando as terras dos rios Joanes, Inhambupe e Itapicuru, os bandeirantes fixaram-se na região, desenvolvendo a agricultura e a criação de gado. A fertilidade das terras atraiu novos colonos que se estabeleceram formando o Povoado de Nossa Senhora dos Prazeres.

Foi edificada uma capela, elevada à condição de freguesia em 1848, com a denominação de Nossa Senhora dos Prazeres de Entre Rios, desmembrada da Freguesia do Divino Espírito Santo de Inhambupe. Em 1872, o povoado, elevado à vila, teve o nome simplificado para Entre Rios.

O topônimo, conservando a designação do povoado, se deve à localização daquele núcleo entre os rios Inhambupe e Subaúma.

Cultura[editar | editar código-fonte]

A Cultura de Entre Rios é bastante diversificadas, como festas e eventos existem há anos, formando tradições seculares. Podemos citar como festas populares e tradições, as Lavagem das Praias, de Porto de Sauípe, Subaúma e Massarandupió, também o São João na sede de Entre Rios, festa da Barquinha de Sítio do Meio e Lagoa Redonda, Festas das Padroeiras dos povoados. Há também uma cultura de realização de Cavalgadas por todo o município e região. Possui uma boa culinária, o prato tipico mais conhecido é o Arrumadinho.

Estradas[editar | editar código-fonte]

A cidade pode ser acessada pela rodovia BR-101 em direção a Aracaju (acesso ao distrito sede e alguns povoados). Também pode ser acessada pela Linha Verde, até o Palame, distrito de Esplanada, onde passará a usar a rodovia BA-400 até o distrito sede. Outro acesso, esse o mais típico junto com o primeiro, é o a partir de Simões Filho pela rodovia BA-093 até o distrito sede, passando por Dias d'Ávila, Mata de São João, Pojuca, Araçás até, finalmente, chegar ao distrito sede.


Prefeitos de Entre Rios[editar | editar código-fonte]


  • Raul Malbouisson Mello (PFL) - 1997 - 2000
  • Manoelito Argolo dos Santos (PP) - 2001 a 2004
  • Ranulfo Sousa Ferreira (PT) - 2005 a 2008
  • Fernando Almeida de Oliveira (PMDB) - 2009 a 2012
  • Fernando Almeida de Oliveira (PSD) reeleito - 2013 a 2016
  • Elizio Fernandes Rodrigues Simões (PDT) - 2017 à atual.


Referências

  1. http://www.al.ba.gov.br/noticias/Noticia.php?id=21504 Arquivado em 16 de agosto de 2016, no Wayback Machine. Governo da Bahia
  2. http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:xWkXlrzPw6cJ:www.camaradeentrerios.ba.gov.br/a-camara/+&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br Câmara Municipal de Entre Rios
  3. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Censo Populacional 2013». Censo Populacional 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2013. Consultado em 2 de outubro de 2013 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 2 de agosto de 2013 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.