Brejolândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Brejolândia
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 7 de abril
Fundação 7 de abril de 1963 (56 anos)
Gentílico brejolandense
Padroeiro(a) Nossa Senhora Santana
CEP 47750-000
Prefeito(a) Gilmar Ribeiro, (Mazim) (PR)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Brejolândia
Localização de Brejolândia na Bahia
Brejolândia está localizado em: Brasil
Brejolândia
Localização de Brejolândia no Brasil
12° 28' 58" S 43° 57' 57" O12° 28' 58" S 43° 57' 57" O
Unidade federativa Bahia
Região intermediária

Barreiras IBGE/2017[1]

Região imediata

Barreiras IBGE/2017[1]

Municípios limítrofes Tabocas do Brejo Velho, Serra Dourada e Wanderley (Bahia)
Distância até a capital 755 km
Características geográficas
Área 2 619,439 km² [2]
População 11 127 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 4,25 hab./km²
Altitude 558 m m
Clima semiárido BSh
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,592 baixo PNUD/2010 [4]
PIB R$ 34 808,336 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 587,38 IBGE/2008[5]
Página oficial
Câmara www.camara.brejolandia.ba.io.org.br

Brejolândia é um município brasileiro do estado da Bahia. Vegetação predominante: Cerrado. População: 11.127 habitantes Censo: 2010 /IBGE. A cidade fica a 186 km de Barreiras, a principal cidade do oeste baiano.[6][7]

O município de Brejolândia é um Distrito Judiciário da Comarca de Serra Dourada, conforme organização judiciária do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia.

História[editar | editar código-fonte]

Brejolândia (na época "Brejo Velho") recebeu status de município pela Lei Estadual nº 1.676, de 13 de abril de 1962, com território desmembrado do município de Angical.[8]

Clima e Relevo[editar | editar código-fonte]

O município se destaca pelo clima quente durante o dia e ameno a noite. Tem estação chuvosa durante o período dos meses de novembro a março e o restante dos meses em estação seca. Durante o meses de julho e agosto tem predominância de noites mais frias, chegando a temperaturas em torno de 15º durante a madrugada. A sede do município se encontra incrustada em meio a imensas formações rochosas chamadas de serras, presenteando os moradores e visitantes com exuberante e belas paisagens naturais. No interior do município existem diversas formações de cavernas e riachos, estes últimos utilizados como fonte para irrigação de pequenas propriedades produtoras de hortaliças.

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia do município é baseada na atividade pecuária, por possuir extensas áreas de pastagens e grande rebanho bovino. Possui como característica principal a atividade de recria e engorda, a raça principal de gado criada é o nelore, se destacando pela qualidade na expressão genética da raça. Os animais são criados solto em pastos durante o período de chuva e durante o período de seca a alimentação é complementada com silagem de capim ou cana de açúcar. A feira livre da cidade ocorre nas segundas feiras, momento de encontro dos moradores do interior para realização do comércio. São produzidos ainda no município, mas em pequena escala: feijão, milho, frutas e hortaliças quase todos com destino a consumo interno e em culturas de subsistência.

Festas tradicionais[editar | editar código-fonte]

A vaquejada é um dos principais atrativos do município. Surgiu no ano de 1992. A data da festa da vaquejada coincide com a festa de aniversário da cidade. A festa de carnaval também é considerado uma tradição do município, atraindo uma multidão de foliões para o famoso calçadão.

Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de dezembro de 2018 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Barreiras, capital do oeste baiano». clubedo vendedor. Clube do Vendedor. Consultado em 15 de junho de 2017 
  7. «distancia entre Brejolandia BA e Barreiras BA». entrecidadesdistancia. Entre Cidades. Consultado em 15 de junho de 2017 
  8. «Brejolândia - Histórico (IBGE)» (PDF). biblioteca.ibge.gov.br. 2009. Consultado em 21 de novembro de 2012 
Ícone de esboço Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Brejolândia