Mirante (Bahia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mirante
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Mirante
Bandeira
Hino
Lema Trabalho, Liberdade e Prosperidade
Apelido(s) "Terra do umbu"
Gentílico mirantense
Localização
Localização de Mirante na Bahia
Localização de Mirante na Bahia
Mapa de Mirante
Coordenadas 14° 14' 31" S 40° 46' 22" O
País Brasil
Unidade federativa Bahia
Região metropolitana Vitória da Conquista
Municípios limítrofes Boa Nova, Bom Jesus da Serra, Caetanos, Tanhaçu, Contendas do Sincorá, Manoel Vitorino.
Distância até a capital 496 km
História
Fundação 13 de junho de 1989 (32 anos)
Aniversário 13 de junho
Administração
Prefeito(a) Wagner Ramos Lima (PSD, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [1] 927,826 km²
População total (IBGE/2010[2]) 10 512 hab.
Densidade 11,3 hab./km²
Clima Seco
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010 [3]) 0,527 baixo
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 21 832,776 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 2 459,75
Sítio https://mirante.ba.gov.br/ (Prefeitura)

Mirante é um município brasileiro localizado no sudoeste da Bahia.

O município de Mirante foi desmembrado do município de Boa Nova, a qual fora desbravada pelos Bandeirantes André da Rocha Pinto, João Guimarães e João Gonçalves da Costa (capitão-mor) que explorava o curso do Rio de Contas, encontrando assim as tribos dos índios Mongóis e imborés.

Emancipada em 13 de junho de 1989, através da Lei Estadual nº 5023, sancionada pelo então Governador Nilo Coelho, Mirante apareceu pela primeira vez como aglomeração pertencente ao município de Boa Nova no censo demográfico realizado em 1950, onde foi registrada uma população de 265 habitantes.

Município recém emancipado, bloco dos mais novos – 1989 – desmembrado de Boa Nova, Mirante hoje cedia uma população de 13.703 (treze mil setecentos e três) habitantes – censo 2000 = sendo que 85% da população está concentrada na Zona Rural. Atualmente é constituída pelos povoados de Areião, Melancieira e comunidade de Espírito Santo, Laranjeiras, Cágados, Mutuca, Melancia, Barra do Engano, Tatu, Lavrado, Cachoeira do Mel, Lagoa do Odorico, Lagoa da Pedra, São Domingos, Passagem, Macacos, Aliança, Gongo, Barreirinhos, Gavião, Barra do Gavião, Jibóia, Paraíso, Teiú, Troncos, Tamburi, Queimadas, Onça, Salgadinha, Umbuzeiro, Baixas, Lagoas, Bengo, Grama e Barra do Mel.

Monte Alegre, como Mirante era conhecida, povoado que pertencia ao Arraial de Boa Nova, que por sua vez estava administrativamente, subordinada ao município de Poções. Possui uma temperatura média de 22,7°C.

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 16 de agosto de 2013 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.