Wenceslau Guimarães

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wenceslau Guimarães
  Município do Brasil  
Hino
Gentílico wenceslauense
Localização
Localização de Wenceslau Guimarães na Bahia
Localização de Wenceslau Guimarães na Bahia
Wenceslau Guimarães está localizado em: Brasil
Wenceslau Guimarães
Localização de Wenceslau Guimarães no Brasil
Mapa de Wenceslau Guimarães
Coordenadas 13° 41' 13" S 39° 28' 44" O
País Brasil
Unidade federativa Bahia
Municípios limítrofes Gandu, Nilo Peçanha, Teolândia, Ubaíra, Cravolândia, Itaquara, Jaguaquara, Apuarema, Itamari e Nova Ibiá
Distância até a capital 290 km
História
Fundação 1962
Aniversário 19 de julho
Administração
Prefeito(a) Carlos Alberto Liotério dos Santos (PRB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 674,029 km²
População total (IBGE/2013[2]) 22 455 hab.
Densidade 33,3 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010 [3]) 0,544 baixo
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 125 540,486 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 5 074,39

Wenceslau Guimarães [nota 1] é um município brasileiro do estado da Bahia. Os habitantes se chamam wenceslau-guimarãenses.

O município se estende por 674 km² e contava com 22 181 habitantes no último censo. A densidade demográfica é de 32,9 habitantes por km² no território do município.

Vizinho dos municípios de Gandu, Teolândia e Nova Ibiá, Wenceslau Guimarães se situa a 5 km a noroeste de Gandu, a maior cidade nos arredores.

O município está situado a 146 metros acima do nível do mar.

Economia[editar | editar código-fonte]

Na economia, o município destaca-se por ser o maior produtor nacional de graviola e banana-da-terra.

Na região do baixo sul da Bahia, o município de Wenceslau Guimarães apareceu, em 2017, pela primeira vez no levantamento entre os 20 municípios do país que mais geram renda a partir da fruticultura.

A cidade passou da 34ª para a 12ª posição no ranking nacional, que engloba mais de 5.563 municípios, graças à produção de frutas como a graviola e a banana. Somente em 2016, foram produzidas 115,9 mil toneladas de banana, que geraram mais de R$ 207,9 milhões.

Notas

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  2. «Censo Populacional 2013». Censo Populacional 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2013. Consultado em 11 de novembro de 2013 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 24 de agosto de 2013 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.