Bom Jesus da Serra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Bom Jesus da Serra
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 13 de junho
Fundação 13 de junho de 1989
Gentílico bomjesuense
Lema Salve a ti, ó estrela do sertão!
Prefeito(a) Edinaldo Meira Silva (PSD)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Bom Jesus da Serra
Localização de Bom Jesus da Serra na Bahia
Bom Jesus da Serra está localizado em: Brasil
Bom Jesus da Serra
Localização de Bom Jesus da Serra no Brasil
14° 22' 19" S 40° 30' 14" O14° 22' 19" S 40° 30' 14" O
Unidade federativa Bahia
Mesorregião Centro-Sul Baiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Vitória da Conquista IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Poções, Boa Nova, Mirante, Anagé, Planalto, Caetanos
Distância até a capital 464 km km
Características geográficas
Área 421,536 km² [2]
População 10 597 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 25,14 hab./km²
Altitude 657m m
Clima Semiárido quente BSh
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,546 baixo PNUD/2010 [4]
PIB R$ 25 883,419 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3,555 99 IBGE/2008[5]

Bom Jesus da Serra é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população segundo o censo de 2010 era de 10.597 habitantes.

História

As terras que formam o atual Município de Bom Jesus da Serra faziam parte do Município de Poções. Estas terras pertenciam inicialmente ao Capitão Timoteo Gonçalves da Costa. Por ocasião de sua morte, passaram a pertencer aos seus filhos Bernardo Roberto e Timoteo Filho. Bernardo Gonçalves da Costa muito se esforçou pelo povoamento do Arraial dos Poções. Os últimos proprietários dessas terras, chamadas de Bom Jesus de Baixo, foram Daniel Ferreira da Costa e Vicencia Ferreira Campos, que depois as venderam para o Capitão Raimundo Pereira de Magalhães, passando, posteriormente, aos herdeiros que tinham como objetivo desenvolver a agricultura e a pecuária. Na sede da fazenda, ao redor, foram criadas casas de moradia e comerciais, capela, cemitério etc. Os fundadores lotearam áreas e convidaram amigos e parentes à construírem casas na localidade. Afluiram muitos membros da família Meira, e outras famílias como Moreno, Moreira do Carmo e Amaral (as pioneiras). O comércio do arraial ganhou grande impulso, foi criada uma feira livre onde os produtores rurais vendiam suas mercadorias, tais como: laticínios, carnes de todas as espécie. A mamona, o milho, feijão, a farinha de mandioca e outros generos que eram enviados para Poções. Com a descoberta da mina de amianto, as atividades mineradoras duraram quase 30 anos. A exploração começou na decada de 1930, e até então esta mina era a única do Brasil, tendo produzido milhões de toneladas de lã de amianto, e exportado este minério até para a França. Na decada de 1940, instalou-se uma usina para beneficiamento de caroá, muito abundante em toda caatinga e que era transformada em corda e barbante e levada para Salvador. A partir de 1945, com o desativamento da usina houve uma forte decadencia. A feira livre semanal foi extinta e transferida para a fazenda Bomfim do Amianto. Mais ou menos nesta mesma época foi desativada a exploração da mina de amianto por ter trazido sérios problemas de saude para muitas pessoas.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de agosto de 2013. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.