Brasão de Condeúba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Setembro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Escudo português encimado pela coroa mural, distintiva das municipalidades.

No decorrer da celebração do 1º centenário de Independência de Condeúba, ocorrido a 14 de maio de 1961, a Câmara Municipal de Condeúba, através da Lei nº 219, de 3 de maio de 1961, modificou o antigo Brasão criado por Teodoro Sampaio e sancionado pela Lei nº 78 de 10 de fevereiro de 1922, para o atual Brasão de Armas.

Este representa dois paus de candeia de cor dourada, traduzindo a riqueza do nosso município, enquanto o tom vermelho que lhe serve do fundo representa a fertilidade do nosso solo.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre vexilologia da Bahia e seus municípios é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.