Lista de municípios de São Paulo por PIB

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Séries Históricas de São Paulo
Bandeira do estado de São Paulo.svg
População 2018 · 2010 · 2007 · 2000 · 1996 · 1991 · 1985 · 1980 · 1978 · 1970 · 1966 · 1960 · 1958 · 1950 · 1946 · 1940 · 1937 · 1934 · 1929 · 1925 · 1920 · 1916 · 1910 · 1900 · 1890 · 1886 · 1872
Área Territorial Após 2016 · 2013–2015 · 1997–2012 · 1993–1996 · 1980–1992 · 1965–1979 · 1960–1964 · 1954–1959 · 1949–1953 · 1945–1948 · 1939–1944 · 1937–1938 · 1930–1933 · 1920–1921 · 1911 · 1901
Criação Municípios Após 1996 · 1987–1995 · 1971–1985 · 1963 · 1958 · 1953 · 1948
Outros Critérios Altitude · PIB · IDH-M · Comunicações · Municípios · Distritos

Esta é uma lista dos municípios do estado de São Paulo, em ordem decrescente segundo o seu Produto Interno Bruto (PIB). Foi compilada dos dados divulgados pelo IBGE, referentes ao ano de 2013.[1]

No topo da lista está a cidade de São Paulo, capital do estado, que é também o município mais rico do Brasil. Em 2013, seu PIB representou 35% do PIB estadual e 11% do PIB nacional.

O estado de São Paulo possui mais municípios entre os cem mais ricos do Brasil do que qualquer outro estado, sendo o segundo PIB per capita da Federação, superado apenas pelo Distrito Federal.

O estado possui também o segundo município não-capital com o maior PIB do Brasil, Osasco, localizado na Região Metropolitana da cidade de São Paulo, ficando atrás somente de Campos dos Goytacazes no Rio de Janeiro. É o estado que apresenta a maior diferença de PIB entre seus dois municípios mais ricos, sendo o PIB da capital paulista cerca de dez vezes superior ao PIB de Osasco, o segundo colocado.

Abaixo, segue a lista dos municípios do estado com PIB igual ou superior a R$ 1 bilhão. Em negrito, estão os municípios que integram a Região Metropolitana de São Paulo, que produzia em 2013 cerca de 70% do PIB de todo o estado e 24% do PIB nacional.

A cidade de São Paulo, capital do estado, é o município com maior Produto Interno Bruto (PIB) do estado e do Brasil
Osasco, localizada na região metropolitana da cidade de São Paulo, é o segundo município com maior PIB do estado
Campinas, sede da região metropolitana homônima, e a maior cidade do interior do estado, é o terceiro município com maior PIB de São Paulo, e efetivamente, o mais rico fora da região metropolitana da cidade de São Paulo.
Guarulhos, localizado na região metropolitana da cidade de São Paulo, é o quarto município com maior PIB do estado
Barueri, localizado na Região Metropolitana de São Paulo, é o quinto município com maior PIB de São Paulo.
São Bernardo do Campo é o sexto município com maior PIB de São Paulo, além de ser o mais rico da região do ABC Paulista.
Jundiaí é o sétimo município com maior PIB de São Paulo.
São José dos Campos, sede da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, é o oitavo município paulista mais rico.
Sorocaba, no interior paulista, é o nono município com maior PIB de São Paulo
Santo André, localizado na Região Metropolitana de São Paulo, tem o décimo maior PIB de São Paulo, e o segundo da região do ABC Paulista, depois de São Bernardo do Campo
Ribeirão Preto, no interior paulista, é o décimo primeiro município com maior PIB de São Paulo
Piracicaba, no Interior paulista, tem o décimo segundo maior PIB de São Paulo.
Santos, na região litorânea do estado possui no décimo terceiro maior PIB do estado. É a principal cidade da Região Metropolitana da Baixada Santista.
São Caetano do Sul, localizado na Grande São Paulo tem o décimo quarto maior PIB de São Paulo.
Taubaté, no interior paulista, possui o décimo quinto maior PIB de São Paulo.
São Carlos, tem o vigésimo sétimo PIB de São Paulo. É a maior e principal cidade da Região Central do Estado.

Municípios com PIB acima de R$ 9 bilhões (atualizada - 2015)[editar | editar código-fonte]

Posição Município Produto Interno Bruto
(2015)[2]
1 São Paulo R$ 650,544 bilhões
2 Osasco R$ 65,872 bilhões
3 Campinas R$ 56,400 bilhões
4 Guarulhos R$ 52,199 bilhões
5 Barueri R$ 47,793 bilhões
6 São Bernardo do Campo R$ 42,745 bilhões
7 Jundiaí R$ 39,717 bilhões
8 São José dos Campos R$ 36,398 bilhões
9 Sorocaba R$ 30,566 bilhões
10 Ribeirão Preto R$ 27,809 bilhões
11 Paulínia R$ 27,060 bilhões
12 Santo André R$ 26,240 bilhões
13 Piracicaba R$ 21,644 bilhões
14 Santos R$ 19,965 bilhões
15 Cubatão R$ 15,680 bilhões
16 São José do Rio Preto R$ 14,951 bilhões
17 Taubaté R$ 14,703 bilhões
18 Mogi das Cruzes R$ 14,130 bilhões
19 Diadema R$ 13,854 bilhões
20 São Caetano do Sul R$ 13,302 bilhões
21 Bauru R$ 12,705 bilhões
22 Sumaré R$ 12,663 bilhões
23 Mauá R$ 12,429 bilhões
24 Indaiatuba R$ 12,158 bilhões
25 Louveira R$ 11,895 bilhões
26 Cajamar R$ 11,584 bilhões
27 Limeira R$ 11,246 bilhões
28 Hortolândia R$ 10,787 bilhões
29 Jacareí R$ 10,665 bilhões
30 Cotia R$ 10,639 bilhões
31 Suzano R$ 10,328 bilhões
32 Itapevi R$ 10,278 bilhões
33 Americana R$ 10,101 bilhões
34 São Carlos R$ 9,760 bilhões
35 Embu das Artes R$ 9,403 bilhões

Municípios com PIB entre R$ 4 bilhão e R$ 9 bilhões (não atualizada - 2012)[editar | editar código-fonte]

Posição Município Produto Interno Bruto
(2012)
31 Itapevi R$ 6,712 bilhões
32 Vinhedo R$ 6,561 bilhões
33 Praia Grande R$ 6,374 bilhões
34 Cubatão R$ 6,348 bilhões
35 Matão R$ 6,195 bilhões
36 Franca R$ 6,071 bilhões
37 Rio Claro R$ 5,847 bilhões
38 Jacareí R$ 5,752 bilhões
39 Araraquara R$ 5,682 bilhões
40 Embu das Artes R$ 5,667 bilhões
41 Cajamar R$ 5,623 bilhões
42 Taboão da Serra R$ 5,332 bilhões
43 Santana de Parnaíba R$ 4,973 bilhões
44 Presidente Prudente R$ 4,831 bilhões
45 Araçatuba R$ 4,823 bilhões
46 Itu R$ 4,772 bilhões
47 Marília R$ 4,585 bilhões
48 Guarujá R$ 4,572 bilhões
49 Sertãozinho R$ 4,210 bilhões
50 Carapicuíba R$ 4,136 bilhões
51 Santa Bárbara d'Oeste R$ 4,057 bilhões

Municípios com PIB entre R$ 1 bilhão e R$ 4 bilhões (não atualizada - 2012)[editar | editar código-fonte]

Posição Município Produto Interno Bruto
(2012)
52 Pindamonhangaba R$ 3,972 bilhões
53 Itaquaquecetuba R$ 3,892 bilhões
54 São Vicente R$ 3,836 bilhões
55 Jaguariúna R$ 3,771 bilhões
56 Itatiba R$ 3,664 bilhões
57 Atibaia R$ 3,566 bilhões
58 Bebedouro R$ 3,558 bilhões
59 Itapecerica da Serra R$ 3,443 bilhões
64 Poá R$ 3,261 bilhões
60 Bragança Paulista R$ 3,219 bilhões
61 Botucatu R$ 3,215 bilhões
62 Mogi-Guaçu R$ 3,199 bilhões
63 Cabreúva R$ 3,031 bilhões
65 Moji-Mirim R$ 3,022 bilhões
66 Araras R$ 2,987 bilhões
67 Itapetininga R$ 2,855 bilhões
68 Salto R$ 2,811 bilhões
69 Catanduva R$ 2,794 bilhões
70 Ourinhos R$ 2,659 bilhões
71 Tatuí R$ 2,592 bilhões
72 Cerquilho R$ 2,508 bilhões
73 Jaú R$ 2,487 bilhões
74 Guaratinguetá R$ 2,475 bilhões
75 Caçapava R$ 2,455 bilhões
76 Itupeva R$ 2,389 bilhões
77 São Sebastião R$ 2,360 bilhões
78 Lins R$ 2,353 bilhões
79 Amparo R$ 2,332 bilhões
80 Barretos R$ 2,322 bilhões
81 Caieiras R$ 2,294 bilhões
82 Franco da Rocha R$ 2,194 bilhões
83 São João da Boa Vista R$ 2,188 bilhões
84 Ribeirão Pires R$ 2,157 bilhões
85 Arujá R$ 2,149 bilhões
86 Itapira R$ 2,139 bilhões
87 Boituva R$ 2,120 bilhões
88 Nova Odessa R$ 2,096 bilhões
89 Votorantim R$ 2,068 bilhões
90 Birigui R$ 2,035 bilhões
91 Ferraz de Vasconcelos R$ 1,929 bilhão
92 Jaboticabal R$ 1,927 bilhão
93 Cordeirópolis R$ 1,893 bilhão
94 Jandira R$ 1,855 bilhão
95 Lençóis Paulista R$ 1,815 bilhão
96 Várzea Paulista R$ 1,760 bilhão
97 Assis R$ 1,760 bilhão
98 Pirassununga R$ 1,751 bilhão
99 Leme R$ 1,736 bilhão
100 São Roque R$ 1,713 bilhão
101 Votuporanga R$ 1,590 bilhão
102 Caraguatatuba R$ 1,577 bilhão
103 Alumínio R$ 1,526 bilhão
104 Lorena R$ 1,473 bilhão
105 Mococa R$ 1,467 bilhão
106 Monte Mor R$ 1,454 bilhão
107 Araçariguama R$ 1,425 bilhão
108 Avaré R$ 1,417 bilhão
109 Itapeva R$ 1,415 bilhão
110 Mairiporã R$ 1,354 bilhão
111 Tupã R$ 1,338 bilhão
112 Andradina R$ 1,322 bilhão
113 Fernandópolis R$ 1,305 bilhão
114 Cruzeiro R$ 1,302 bilhão
115 Capivari R$ 1,278 bilhão
116 São José do Rio Pardo R$ 1,193 bilhão
117 Batatais R$ 1,183 bilhão
118 Agudos R$ 1,165 bilhão
119 Monte Alto R$ 1,162 bilhão
120 Olímpia R$ 1,161 bilhão
121 Porto Ferreira R$ 1,150 bilhão
122 Francisco Morato R$ 1,144 bilhão
123 Campo Limpo Paulista R$ 1,143 bilhão
124 Itanhaém R$ 1,139 bilhão
125 Rancharia R$ 1,131 bilhão
126 Registro R$ 1,127 bilhão
127 Tietê R$ 1,082 bilhão
128 Ubatuba R$ 1,075 bilhão
129 São Joaquim da Barra R$ 1,042 bilhão
130 Vargem Grande Paulista R$ 1,033 bilhão
131 Porto Feliz R$ 1,019 bilhão
132 Orlândia R$ 1,018 bilhão

Referências